HOMENAGEM

Quem seria eu sem a minha sombra? Uma simples forma linear, de luz incandescente, no fim da história. Quem seria eu sem a fonte de lágrimas que me habita? Uma melodia que ressoaria estridente na paisagem dolorosamente seca. Quem seria eu sem o dom da indignação? Uma viagem em linha …

Read more

HÁ NOS OLHOS TEUS

Há nos olhos teus ardor e luz, aquele desejo furacão, fogo anunciador de um enorme ímpeto vital... Notas dissonantes me chegam do teu corpo maltratado, um tanto estagnado, profundamente triste, longe desse olhar que te denuncia. Que poderei fazer para te ajudar? Eu, que tenho esperado tantos anos pela chispa …

Read more

HOJE QUERO APENAS!

Fotografia de: Maria Inês de Brito   O que me moveu a ser psicoterapeuta, sacrificando uma carreira na dança, foi o sonho de ajudar as pessoas a serem mais felizes. Precisei de atravessar o universo da minha própria fragilidade e aprender a aceitar o sofrimento nos olhos das pessoas e …

Read more

BÁRBARA

O seu verdadeiro nome é Bárbara. Na mão direita, empunha uma espada azul e, na esquerda, uma fonte inesgotável de pétalas de rosa. Pode ser de uma doçura enorme, espelhada num olhar nirvânico. Outras vezes, dos seus olhos chispam raios assertivos, cortantes como a espada afiada que repousa na bainha, …

Read more

PRIMEIRO ISTO E DEPOIS AQUILO

Que mania de fazer primeiro isto e só depois aquilo, sempre que aparece uma ideia luminosa! Primeiro vou lavar os dentes, vestir-me e comer. Só depois vou escrever sobre aquele tema sublime que me fez saltar da cama às 6h da manhã. Não. Desta vez troquei as voltas a mim …

Read more

NÃO, MAS SIM. SIM, MAS NÃO

Perigo. Gosto sempre de escrever histórias com “fins” harmoniosos e felizes, mas a realidade é que há histórias que não acabam assim e outras, ao invés, são difíceis e não parecem felizes, mas são. São porque conduzem sempre a algum lado, pelo menos para alguns dos personagens. São porque as …

Read more

CLANDESTINA

O Encontro deu-se num relance de olhar. Havia muitas pessoas, ruídos, música, mesa farta e, no entanto, aquele olhar desacelerou o tempo dos futuros amantes. Tudo aconteceu sob a força incontrolável da fisiologia do instinto. Nesse dia, fizeram acordos tácitos de ternura. No futuro, numa das despedidas, desfariam esses acordos, …

Read more

VOZ DE MIM

  És poema com pele, poros, centros nervosos. És olhos que vêem, choram e se espantam de alegria. És boca que beija, grita, sorve e deita fora, coração que acelera e abranda, que dá sinal de vida e comanda a ordem das coisas. És reflexo do amor que nos une, a …

Read more

ESTE ESPAÇO É MEU E ESTE ESPAÇO É TEU!

A mitologia, a literatura e as vidas das pessoas estão cheias de enredos baseados no Complexo de Édipo mal resolvido! Alguém quer um espaço que não é o seu e quem de direito não é capaz de gerir amorosa e firmemente a situação. Os papéis ficam trocados, o sentimento de …

Read more

SIM, VALENTIM!

Amor é uma ligação vital com uma fonte de vida e de alegria, quer essa fonte seja um indivíduo, um projeto, uma comunidade, a natureza ou o Universo. A vida flui através de um espetro emocional que nem sempre é prazenteiro e que constitui o ponto de partida da nossa …

Read more