MANHÃS

Preparar-te-ia Se pudesse Pequenos almoços deliciosos No primeiro sol da manhã Enquanto tu Absorto e livre Escrevesses livros. Depois Comeríamos juntos. Tu contar-me-ias por onde viajavas Dentro da tua prodigiosa imaginação. E eu falar-te-ia sobre ingredientes de amor: Rosmaninho, sal e mel.  

Read more

A PRIMEIRA CARTA

África. 7 de Dezembro de 2018. "Querido Pássaro, Os teus dias são o poema mais lindo deste mundo. Depois daquele dia em Dezembro, os nossos sonhos ficaram de mãos dadas no céu. Sabias? És tu o meu Dezembro, o meu Fevereiro também, mágico Valentim. És agora os meus dias passados …

Read more

O PRAZER DE VIVER

O tema do prazer remete-me imediatamente para o deleite dos sentidos e para o desejo de viver. Estar vivo significa sentir o corpo aqui e agora, estar consciente da nossa natureza animal. Segundo a Análise Bioenergética, o ego, com todo o seu conhecimento racional, é trémulo e inseguro se não …

Read more

PÉ DE FLOR

Ao pé de ti pé de flor trago de novo a primavera. Vês?   Teimosa dançou sempre em mim nas noites frias da saudade e sonhou todos os meus dias!   Sempre soube que virias e que bastaria eu ver-te!   Bastaria eu ver-te e tudo cá dentro brotaria em …

Read more

HOMENAGEM

Quem seria eu sem a minha sombra? Uma simples forma linear, de luz incandescente, no fim da história. Quem seria eu sem a fonte de lágrimas que me habita? Uma melodia que ressoaria estridente na paisagem dolorosamente seca. Quem seria eu sem o dom da indignação? Uma viagem em linha …

Read more

HÁ NOS OLHOS TEUS

Há nos olhos teus ardor e luz, aquele desejo furacão, fogo anunciador de um enorme ímpeto vital... Notas dissonantes me chegam do teu corpo maltratado, um tanto estagnado, profundamente triste, longe desse olhar que te denuncia. Que poderei fazer para te ajudar? Eu, que tenho esperado tantos anos pela chispa …

Read more

HOJE QUERO APENAS!

Fotografia de: Maria Inês de Brito   O que me moveu a ser psicoterapeuta, sacrificando uma carreira na dança, foi o sonho de ajudar as pessoas a serem mais felizes. Precisei de atravessar o universo da minha própria fragilidade e aprender a aceitar o sofrimento nos olhos das pessoas e …

Read more

BÁRBARA

O seu verdadeiro nome é Bárbara. Na mão direita, empunha uma espada azul e, na esquerda, uma fonte inesgotável de pétalas de rosa. Pode ser de uma doçura enorme, espelhada num olhar nirvânico. Outras vezes, dos seus olhos chispam raios assertivos, cortantes como a espada afiada que repousa na bainha, …

Read more

PRIMEIRO ISTO E DEPOIS AQUILO

Que mania de fazer primeiro isto e só depois aquilo, sempre que aparece uma ideia luminosa! Primeiro vou lavar os dentes, vestir-me e comer. Só depois vou escrever sobre aquele tema sublime que me fez saltar da cama às 6h da manhã. Não. Desta vez troquei as voltas a mim …

Read more

NÃO, MAS SIM. SIM, MAS NÃO

Perigo. Gosto sempre de escrever histórias com “fins” harmoniosos e felizes, mas a realidade é que há histórias que não acabam assim e outras, ao invés, são difíceis e não parecem felizes, mas são. São porque conduzem sempre a algum lado, pelo menos para alguns dos personagens. São porque as …

Read more