O MANELINHO TÍMIDO E A MENINA INSEGURA

O Manelinho quer chamar, mas não chama. Em vez disso, esconde-se atrás de vestes sóbrias para que ninguém dê conta dele e, pela calada da noite, coloca bilhetes ininteligíveis debaixo da porta da menina insegura. A menina insegura fica confusa. Enganaram-se, se calhar. Não devia ser para ela. E segue …

Read more

SER LIVRE DENTRO DO AMOR

Ser livre é não ter amarras. Amarras são as nossas prisões mentais, tudo aquilo que nos mantém atrás, na imobilidade. São circuitos de pensamentos sem corpo, perdidos no espaço, de olhar vazio. São palavras presas na garganta, gestos retidos nos músculos, sufocados pelo medo. Amarras são apegos ao passado, pela …

Read more

SE O ARREPENDIMENTO MATASSE

“A angústia de Matilde não passara com o tempo. - Não me conformo… o que fiz eu? – chorava Matilde, inconsolável. - Não confundas a realidade, Matilde! – dizia a mãe, já mais firme do que terna –Dá tempo ao tempo. Os temas importantes da vida, quando inacabados, voltam sempre …

Read more

TRUZ TRUZ, IMPORTA-SE?

Há uma arma poderosa que se chama contratransferência corporal. O que é isto? Basicamente, é a capacidade de sentir, no nosso próprio corpo, aquilo que nos chega dos outros. É uma arma poderosa, dizia eu, e pode ser incómoda também, quando não podemos fazer uso desse poder. Acontece-me frequentemente, sobretudo …

Read more

PÉ DE ORELHA OU INTIMIDADE

  Observo muito, todos os dias. Tenho um impulso muito grande para ajudar, que fui refreando ao longo dos anos. Hoje, limito-me a ficar atenta, de braços abertos, pronta a agir, se alguém estender a mão. É contraproducente anteciparmo-nos às pessoas, a menos que estejam à beira do precipício. Aí, …

Read more

DIREITO POR LINHAS TORTAS

 - "És ímpar, minha filha. – afirmou a mãe, sem esconder algum orgulho. Matilde deixou-se abraçar demoradamente, como há muito tempo não fazia. A sua vulnerabilidade deu-lhe direito a muitas festas no cabelo e a palavras carinhosas, cheias de pepitas de esperança. Matilde é uma daquelas pessoas que larga o …

Read more

QUANDO O AMOR NOS BATE À PORTA

“Quando o amor chega inesperadamente e bate à tua janela, apressa-te e deixa-o passar, mas primeiro fecha a porta da razão, uma vez que até a mínima ameaça o pode assustar, tal como o fumo afoga o frescor da brisa da manhã. À razão, o amor diz que a estrada …

Read more

PAI

Passaram-se quase 16 anos, depois da morte do meu pai. De repente, dei-me conta da falta que ele me faz. Era um homem grande e era o meu pai. Às vezes precisamos de dizer “Olha, aquele é o meu pai”. A mão dele era forte e conseguia, de uma assentada, …

Read more

CORAÇÃO DE ASAS COM PERNAS LONGAS

CAPÍTULO 1 Esta é a história de uma fada, de cabelo encaracolado e cheiro a floresta, muito diferente das fadas vulgares. Em vez de asas, tinha o dom de imitar a linguagem dos animais e, até hoje, ninguém sabe ao certo se, de facto, seria uma fada, ou simplesmente uma …

Read more

CAIXA VAZIA

  África, 1 de Maio de 2019 Querido Pássaro, Atravessamos uma época de profunda seca. A terra rachou sob os nossos pés e o horizonte esconde-se atrás de uma estranha nuvem de proporções incalculáveis. Era costume haver sol, chuva e muitas nuances de cor, sem que nada nos impedisse de …

Read more