SABES BEM!

Sabes bem! Eu confirmo que sabes. Saibo? Sabes que sim. E tu sabes a que sabem os teus beijos? Mel, canela ou abacaxi? A tudo isso e a barba macia. Confirmo eu! A sonhos interrompidos de contos diários lidos à cabeceira. Uma surpresa repentina traz-me à boca A memória do …

Read more

AMOR E PAZ

É impactante, o muro de Berlim. Como o são, todos os muros que erguemos entre nós e os outros, entre nós e os sonhos mais queridos da nossa alma! O que é que custa escolhermos Amor e Paz? Custam os nossos medos, as posições que defendemos com unhas e dentes, …

Read more

A SÓS COM O UNIVERSO

No outro dia, larguei definitivamente as velhas coisas. Acreditei eu. Desobstruiu-se de repente o caminho e, já sem estar à espera, chegou a Tua mensagem. Sorri de alegria. Só aqui estamos os dois. Mais ninguém. Eu, com as minhas intermináveis perguntas. E Tu, silencioso, detentor de todos as respostas. Como …

Read more

MORTE EM VIDA OU RISCO DE VIVER?

Ninguém nos pode tirar a liberdade interior! Num tempo, onde o medo se transformou na maior pandemia, é preciso manter a respiração fluida e profunda. Esta põe em marcha o movimento emocional, a inteligência lúcida, a consciência, a visão clara, o rasgo criativo e a coerência interna. Há uma circulação …

Read more

BIOGRAFIA POÉTICA

  Sou uma pessoa de histórias, de imaginação fértil, incompleta, apaixonada. Especializei-me na arte de guardiã de sonhos, inventando realidades melhores, com a crença profunda de que se tornarão reais. Naqueles onde não posso intervir, canalizo a força do meu bem querer e reservo-lhes um espaço no meu livro de …

Read more

HÁ PALAVRAS ASSIM

  Sobretudo em dias especiais, há palavras descuidadas, seguidas de vírgulas e pontos, que podem matar. E matam. Só gestos de Amor verdadeiro podem trazer redenção. Há palavras assim que o mundo precisa de aprender a calar! Proibidas! 5 setembro, 2020

Read more

OH AIR THAT BREATHES ME!

More than ever, it is necessary to do away with paralyzing fear, expand the heart and mind and create new solutions. In a time when you live virtually, ignoring the preciousness of direct relationship with the other, it is ironic that you must now use virtual resources, wisely, so as …

Read more

Ó AR QUE ME RESPIRAS!

Mais do que nunca, é preciso sair do medo paralisante, expandir o coração e a mente e criar novas soluções. Numa era em que se vive virtualmente, ignorando a preciosidade da relação direta com o outro, não deixa de ser irónico termos agora que aprender a usar, com sabedoria, os …

Read more

INNOCENT WHEN YOU DREAM

Innocent when you dream é o título de uma música maravilhosa de Tom Waits. Roubei o nome para dar voz ao texto que se segue. Não sou daqui nem dali, venho de outro lugar. Tenho por hábito bater com os pés no chão, levantando sonhos. Não sigo o fado, sigo o …

Read more

VÓRTICE

Fui de viagem e perdi-me no caminho. Escureceu de repente e, envolvida num vórtice de memórias passadas, esqueci-me de mim. Ali fiquei às voltas, entontecida, torturada por monstros já velhos, sem rosto, rezando que alguém me viesse buscar. Ninguém me buscou. Fui salva pelo vórtice, pelos monstros e pela loucura …

Read more